0
Seu carrinho está vazio :(

Blog Animal

Assunto do dia: Roedores como Animais de Estimação

Publicado em 26.03.2021 |
136 visualizações

Você quer ter um animal de estimação, mas não quer nenhum que faça muita sujeira ou precise de muito espaço? Que tal comprar/adotar um roedor de estimação?
Os roedores de estimação são os pets mais “compactos” que alguém pode ter. É uma alternativa muito boa para as pessoas que não tem tanto tempo para brincar e limpar, ou quem sabe, um espaço decente para animais que exigem um ambiente maior.

Vem conhecer um pouco dos três tipos mais comuns de roedores e algumas dicas de como cuidar dessas bolotas de pelo:

Hamsters

ricky kharawala adk3vu70deq unsplash

Hamsters são os mais famosos dos roedores de estimação do mundo. Mesmo que você não conheça nada sobre eles, você certamente já ouviu seu nome. Com uma expectativa de vida de dois a três anos, essas bolinhas de pelo são muito diversificados no que diz respeito a aparência. Sua pelagem pode ser cinza, preta, ruiva, marrom, branca, enfim. Além é claro, de serem muito inteligentes para seu porte, sendo capazes de aprender seus nomes e a responderem a esse chamado (Responder no sentido de ir ao seu encontro, não ao de falar hahaha). Uma gaiola bem organizada, uma alimentação balanceada e uma rodinha para que possa se exercitar é o básico que esses bichinhos precisam para viver bem.

Chinchila

chinchillas

Pequena, orelhuda e com um olhar que chama a atenção, as Chinchilas são roedores muito bons para qualquer família que busca um pet com uma boa expectativa de vida e dócil na mesma medida. Seu tamanho pode variar de 20 a 30cm e seu peso normalmente não passa de 1kg. Diferente de seus primos, as Chinchilas precisam de mais atenção no que se diz a respeito de exercício e carinho. Uma gaiola com vários andares, uma alimentação herbívora e alguns brinquedos para que possam se exercitar é necessário para uma boa vida desses pets.

Porquinho-da-índia

jack catalano q1pw1dow0 0 unsplash

Os porquinhos da índia são os roedores que mais gostam de companhia e de estar junto a outro da mesma espécie. Esses pequenos costumam viver quase uma década se bem cuidados, com uma alimentação propicia e os exercícios diários. Assim como seus primos, eles necessitam de uma gaiola com um certo espaço, para que possam andar para lá e para cá sem problemas. Eles podem ser pequenos, mas cuidados são necessários para que possam viver bastante.

Não importa qual roedor você quer ter como pet, você tem que saber de três coisas:
1°. A gaiola que sua bolinha de pelo vai viver não pode ser muito apertada e deve ser limpa regularmente. Sempre houve um mito sobre esses pequenos serem animais sujos, mas isso é mentira. Eles adoram espaço e adoram ainda mais viverem em lugares limpos e organizados.

2°. Boa parte dos roedores se alimentam apenas de alimentos herbívoros. A dieta que esses animais comem são restritivas a apenas esse tipo de comida. Portanto, é de extrema importância você saber exatamente qual é o tipo de alimento que seu pet necessita. Além disso, por serem roedores, seus dentes nunca param de crescer. O feno é uma excelente opção para que esses bichinhos possam desgastar seus dentinhos sempre que necessário.

3° Para que seu roedor viva muitos anos ao seu lado, uma rotina de exercícios tem que estar sempre presente. Brinquedos como bolinhas e rodinhas são fundamentais para essa tarefa. Se seu pet não se exercita, sua expectativa de vida pode cair e muito.

BrincaPet e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.