0
Seu carrinho está vazio :(

Blog Animal

Manual de Dono do Pinscher

Publicado em 11.05.2021 |

MANUAL DO DONO DE PINSCHER

História

Mesmo com tantas pesquisas e recursos disponíveis hoje, muitas raças de animais tem suas origens incertas. Como é o caso desses pequenos pedaços de amor e ódio. Apesar de sua aparência, acredita-se que os Pinscher Miniatura não têm relação com os Dobermann. Sua origem vem da Alemanha há mais de 200 anos atrás do cruzamento de um Terrier e um Dachshund (Provavelmente). Sim, Pinscher Miniatura, pois a nomenclatura “Pinscher” se dá a um grupo de inúmeras raças de cães criados para caçar e proteger.

Um fato curioso sobre a origem desses doguinhos, é que pinturas de séculos atrás foram encontradas e nelas haviam uma raça com uma aparência muito semelhante aos Pinscher.

13332177istock 517701692 easy resize com

Aparência

É quase impossível ver um Pinscher e não reconhecer imediatamente. Além de ser umas das raças mais populares do Brasil, a pelagem curta e densa, marrom ou preta, suas orelhinhas em pé e seu mini tamanho de aproximadamente 25 a 30 centímetros, trazem um visual único para essa raça. E não adianta. Somos apaixonados pelos cachorrinhos pequenos. Dá vontade de apertar sempre que passamos perto, né?

Expectativa de Vida e Cuidados

A expectativa de vida dessa raça é de 12 a 14 anos. Isso é claro, se bem cuidados. Por serem muito pitocos, eles se adaptam facilmente aos mais diversos tipos de casas. Mas não se engane. Não é porque são pequenos, que esses cachorros não precisam de exercícios e uma boa alimentação. Pinscher são muito energéticos. Gostam de brincadeiras e corridas ao ar-livre. Alguns até dentro de casa. O importante é não deixar seu cãozinho parado.

A alimentação é outra preocupação que você deve ter. Ela deve ser balanceada, sem deixar comida a vontade como muitos fazem, pois a obesidade pode reduzir a expectativa de vida do seu doguinho em alguns anos.

Outra coisa que é pouco falado são as unhas. Sim, assim como grande parte dos cães, as unhas dos Pinschers tem de ser cortadas. Com todo o cuidado e carinho do mundo para não acabar machucando. Se a unha está grande e seu pet não deixa você fazer o serviço, leve a um profissional. O veterinário irá saber como lidar com esse baixinho, pois unhas compridas machucam, e em alguns casos torna difícil a lomocação desses animais.

Temperamento

O maior traço de personalidade desses pets é seu temperamento. Ou melhor, seu coração cheio de “ódio e tremedeira”, não é? Errado. Ou pelo menos não deveria se pensar assim. No mundo dos cães há uma pequena diferença entre ser agressivo e nervoso, com ser territorialista e protetor. Esse segundo caso é o do Pinscher. Não é que o animal quer atacar tudo em sua frente, mas o seu censo de proteção e de não gostar de mudanças, o fazem parecer assim. Quando ele identifica algo fora do normal, ou que está invadindo seu espaço, logo seus sentidos ficam alertas. E seu comportamento se torna protetor e ameaçador. Resumidamente, eles não gostam de mudanças e nem de coisas ou pessoas estranhas perto dele e nem de sua família.

istockphoto 501298823 612x612

Mas quem é tutor desse pet dês de cedo, sabe muito bem o quanto amoroso ele pode ser. Com os devidos cuidados e os carinhos adequados, esses pequeninos serão grandes companheiros para você e toda a sua família.

BrincaPet e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.